Pular para o conteúdo principal

Spirit Awards - Vencedores

Cena de "Spotlight" - eleito melhor filme no Idependent Spirit Awards





Aconteceu na noite desse sábado (27) em Los Angeles a 31ª edição do Independent Spirit Awards, premiação dedica ao cinema independente norte americano. A cerimônia foi apresentada pelos atores Kate Mckinnon e Kumail Nanjiani. O filme "Spotlight" foi o grande vencedor da noite com quatro prêmios incluindo melhor filme, roteiro, edição e  melhor diretor para Tom McCarthy. O evento também fez história ao premiar Mya Taylor como melhor atriz coadjuvante por seu desempenho em "Tangerine", Mya se tornou a primeira mulher trans a ganhar o prêmio. O novato Abraham AttahI e dris Elba venceram nas categorias melhor ator e melhor ator coadjuvante respectivamente, ambos por "Beasts of No Nation". 



Melhor Filme 

"Tangerine"

"Spotlight"
"Carol"
"Anomalisa"
"Beasts of No Nation"


Melhor Realizador


Cary Joji Fukunaga - "Beasts of No Nation"

Charlie Kaufman & Duke Johnson - "Anomalisa"
David Robert Mitchell - "It Follows"
Sean Baker - "Tangerine"
Todd Haynes - "Carol"
Tom McCarthy - "Spotligth"


Melhor Roteiro


"Anomalisa" - Charlie Kaufman 

"The End of the Tour" - Donald Margulies 
"Carol" - Phyllis Nagy 
"Bone Tomahawk" - S. Craig Zahler
"Spotlight" - Tom McCarthy & Josh Singer


Melhor Primeiro Roteiro


"Room" - Emma Donoghue 

"Me and Earl and the Dying Girl" - Jesse Andrews
"The Mend" - John Magary, Russel Harbaugh & Myna Joseph 
"Mediterranea" - Jonas Carpignano
"The Diary of a Teenage Girl" - Marielle Heller 


Melhor Primeiro Filme 


"James White"

"Manos Sucias"
"Mediterranea"
"Songs My Brothers Taught Me"
"The Diary of a Teenage Girl"


Melhor Atriz


Kitana Kiki Rodriguez  - "Tangerine"

Ronney Mara - "Carol"
Bel Powley - "The Diary of a Teenage Girl"
Cate Blanchett - "Carol"
Brie Larson - "Room"


Melhor Ator 


Abraham Attah - "Beasts of No Nation"

Koudous Seihon - "Mediterranea"
Christopher Abbottm - "James  White"
Ben Mendelsohn - "Mississipi Grind"
Jason Segal - "The End of the Tour"


Melhor Atriz Coadjuvante 


Mya Taylor - "Tangerine"

Jennifer Jason Leigh - "Anomalisa"
Cynthia Nixon - "James White"
Marian Ireland - "Glass Chin"
Robin Bartlett - "H"


Melhor Ator Coadjuvante 


Idris Elba - "Beasts of No Nation"

Paul Dano - "Love & Mercy"
Kevin Corrigan - "Results"
Richards Jenkins - "Bone Tomahawk"
Michael Shannon - "99 Homes"


Melhor documentário 


"(T)error"

"Best of Enemies"
"Heat of a Dog"
"Meru"
"The Look of Silence"
"The Russian Woodpecker"


Melhor Fotografia 


Michael Gioulakis - "It Follows"

Cary Joji Fukunaga - "Beasts of No Nation" 
Ed Lachman - "Carol"
Joshua James Richards - " Songs My Brothers Taught Me"
Reed Morano - "Meadowland"


Melhor Edição 


Tom McCardle - "Spotlight"

Julo C. Perez  IV - "It Follows"
Nathan Nugent - "Room"
Kristan Sprague - "Manos Sucias"
Ronald Bronstein & Benny Safdie - "Heaven Knows What"


Melhor Filme Estrangeiro 


"Son of Saul"

"Mustang"
"Girlhood"
"Embrace of the Serpent"
"A Piegon Sat on a Branch  Reflecting on Existence"


Prêmio John Cassavetes (Melhor filme com orçamento abaixo de 500 mil dólares)


"Advatageous"

"Krisha"
"Out of my Hand"
"Heaven Knows What"
"Christmas, Again"


Prêmio Robert Altman (Atribuído ao realizador. diretor de casting e elenco)


"Spotlight"



Prêmio Kiehl (Alguém a seguir)


Chloe Zhao - "Songs My Brothers Taught Me"

Robert Machoian & Rodrigo Ojeda Beck - "Gold Bless the Child"
Felix Thompson - "King Jack"


Prêmio Piaget ( De Produção)


Darren Dean 

Mel Eslyn 
Rebecca Green & Laura D. Smith 


Prêmio LensCrafters (Mais verdadeiro que a ficção)


Alex Sichel & Elisabeth Giamanti - "A Woman Like Me"

Elisabeth Chai Vasarhelyi - "Incorruptible"
Hemal Trivedi & Mohammed Ali Naqui - "Among the Believers"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A cueca sumiu

Quando as primeiras imagens do ator Henry Cavill, o novo interprete de Superman no set de filmagem vazaram começou o burburinho.  O novo uniforme do super-herói passou por uma reformulação e a clássica cueca vermelha desapareceu. Mas antes da cueca desaparecer ela já dava pano pra manga. Quem não se lembra da polêmica no volume peniano do ator Brandon Routh (Superman: O Retorno), que segundo os produtores teve que ser reduzido digitalmente porque poderia distrair os espectadores, mais tarde quando foram divulgadas fotos do ator usando cueca vimos que ele não é tão “super” assim. Mas antes de discutirmos porque o Superman perdeu a cueca, vamos descobrir porque ele a usava e por cima da calça. 







Nas décadas de 30 e 40 começaram a surgir os super-heróis, os artistas tinham algumas dificuldades para destacar detalhes masculinos e femininos e demostrar o poder e a força dos personagens, isso se devia as limitações técnicas da época como a qualidade do papel e a impressão que era feita em pre…

O carnaval vai ao cinema

O carnaval é a maior festa popular do país é muito mais do que um simples festejo, é um traço identitário da cultura brasileira.  A festa brasileira, luso-afro-ameríndia , sofreu influências da França, Itália, Portugal e se expressa de diferentes maneiras nas distintas regiões do país. Seja  com a escola de samba, o frevo, o maracatu, Timbalada, os blocos de rua, trio elétricos, carnaboi ou o boi-bumbá, durante quatro dias música, dança, costumes e tradições se misturam para celebrar os Brasis ao mesmo tempo em que promove a inclusão e interação, despertando o sentimento de unidade, de nação que muita das vezes é esquecido ou ignorado com o término da festa. Dada a sua importância para a cultura brasileira, o carnaval, o maior teatro de rua do país, curiosamente é pouco ou não é representado nas manifestações artísticas, com exceção da música. Embora o cinema tenha tido papel importante para a disseminação da música carnavalesca, hoje explora pouco a temática, sendo a maior parte das …

Globo de Ouro 2017 - Vencedores

Aconteceu na noite deste domingo (8) a cerimônia de premiação da 74º edição do  Globo de Ouro. A cerimônia apresentada por Jimmy Fallon teve vários momentos marcantes, a começar pela abertura no melhor estilo La La Land. O filme de Damien Chazelle, estrelado por Emma Stone e Ryan Gosling ganhou 7 estatuetas, ou seja, ganhou em todas as categorias em que foi indicado e se tornou o filme mais premiado do Globo de Ouro. 

O ponto alto da noite foi a homenagem a Maryl Streep, que após 30 indicações e oito premiações foi agraciada com o prêmio Cecil B. Demille  pelo conjunto da obra e fez um discurso contundente e politizado que você pode ver aqui






As atrizes Debbie Reynolds e Carrie Fisher, falecidas no mês passado também foram homenageadas. 


A surpresa da noite foi a vitória da francesa Isabelle Huppert, que ganhou na categoria Melhor Atriz Drama pelo filme "Elle" que foi o vencedor na categoria Filme Estrangeiro. Outra surpresa divertida foi o beijo consolação de Andrew Garfield …