Pular para o conteúdo principal

OSCAR 2017 - Vencedores


Aconteceu na noite de ontem a 89ª cerimônia do Oscar apresentada por Jimmy Kimmel, que twittou para o presidente Donald Trump ao vivo durante a cerimônia e surpreendeu alguns turistas que foram levados para dar um rolê dentro do Dolby Theatre e fazer selfies com as celebridades.

Garry de Chicago faz selfie com Mahershala Ali / Foto: AFP

 Ao contrário do que normalmente ocorre a cerimônia não começou com o tradicional monólogo do apresentador, mas com Justin Timberlake colocando todo mundo pra dançar com Can't Stop the feeling’, canção tema da animação ‘Troolls’.

O musical 'La La Land' indicado em 13 categorias levou pra casa 5 estatuetas,  incluindo Melhor Diretor para Damiem Chazelle que se tornou o mais jovem a ganhar um Oscar, Melhor Atriz para Emma Stone, Trilha Sonora, Fotografia e Canção Original por ‘City of Stars’

Em um embaraçoso momento o filme chegou a ser anunciado como o Melhor Filme, mas já no palco um membro da equipe percebeu o erro, os envelopes haviam sido trocados e a estatueta de Melhor Filme ficou com 'Moonlight' que também levou na categoria Melhor Roteiro e Melhor Ator Coadjuvante para Mahershala Ali. 

O momento em que se revela o verdadeiro vencedor 'Moonlight'/ Foto: Mark Ralston/ (AFP) Reuters-Quality




























Momentos políticos

Já no tapete vermelho era possível ver algumas celebridades usando uma fita azul da ACLU  American Civil Liberties Union - ONG que luta para preservar e defender os direitos e liberdades garantidos pela Constituição Americana.


Jeff Kravitz/Filmmagic; George Pimentel/ Felmmagic; Ben Peterson/ Getty Images

Os discursos também foram engajados, tanto dos apresentadores quanto dos vencedores. Ao aceitar o Oscar de Melhor Cabelo e Maquiagem por 'Esquadrão Suicida' Alessandro Bertolazzi dedicou seu prêmio "a todos os imigrantes". 

 Equipe de 'Esquadrão Suicida' ao receber o Oscar. Foto: Kevin Winter/ Getty Images

Ao apresentar as categorias de Melhor Curta-metragem de Animação e Melhor Animação o ator mexicano Gael Garcia Bernal disse: "Como mexicano, como latino-americano, como trabalhador imigrante, como ser humano, sou contra qualquer forma de parede que queira nos separar". O diretor Ezra Edelman dedicou seu prêmio de Melhor Documentário por 'O.J Made In America' a "vítimas da brutalidade e violência policial".

O diretor Ezra Eldman discusa após ganhar o Oscar de Melhor Documentário. Foto: Getty Images

Outros discursos igualmente engajados foram de Barry Jenkins diretor de Moonlight ao receber o prêmio de Melhor Roteiro Adaptado e do diretor iraniano Asghar Farhadi que ganhou o Oscar (o segundo da carreira) de Melhor Filme Estrangeiro por 'O Apartamento' mas não compareceu a cerimônia em protesto às políticas de imigração do governo Trump. Veja abaixo uma compilação com os discursos de alguns vencedores. 




Confira abaixo a lista completa dos vencedores. 


Melhor Filme 

A Chegada 
Moonlight
La La Land 
Cercas
A Qualquer Custo
Até o Último Homem
Lion 
Estrelas Além do Tempo
Manchester à Beira-mar

Melhor Diretor

Dennis Villeneuve (A Chegada)
Damien Chazelle (La La Land)
Kenneth Lonergan (Manchester à Beira-mar)
Barry Jenkins (Moonlight)
Mel Gibson (Até o Último Homem)

Melhor Roteiro Original

O Lagosta
La La Land 
Manchester à Beira-mar
A Qualquer Custo
20th Century Woman

Melhor Roteiro Adaptado

A Chegada
Cercas
Lion 
Estrela Além do Tempo
Moonlight

Melhor Ator 

Casey Aflleck (Manchester à Beira-mar)
Andrew Garfield (Até o Último Homem)
Ryan Goslyng (La La Land)
Viggo Mortensen (Capitão Fantástico)
Denzel Washington (Cercas)

Melhor Atriz

Isabelle Huppert (Elle)
Ruth Negga (Loving)
Natalie Portman (Jackie)
Emma Stone (La La Land)
Meryl Streep (Florence: Quem é essa mulher?)

Melhor Ator Coadjuvante

Jeff Bridges (A Qualquer Custo)
Dev Patel (Lion)
Michael Shannon (Animais Noturnos)
Mahershala Ali (Moonlight)
Lucas Hedges (Manchester à Beira-mar)

Melhor Atriz Coadjuvante

Viola Davis (Cercas)
Otavia Spencer (Estrelas Além do Tempo)
Michelle Williams (Manchester á Beira-mar)
Nicole Kidman (Lion)
Naomie Harris (Moonlight)

Melhor Filme de Animação 

Zootopia 

Moana 
Kubo e as cordas mágicas
A Tartaruga Vermelha 
My Life Courgette

Melhor Filme Estrangeiro

Land Of Mine (Dinamarca)
Tanna (Austrália)
Toni Erdmann (Alemanha)
O Apartamento (Irã)
A man called Ove (Suécia)

Melhor Documentário

Fire at Sea
I am not your negro
Life, animated
O.J: Made in America
13th

Melhor Documentário em curta-metragem 

Extremis
4.1 Miles
Joe's Violin
Watani: My homeland 
The white helmets 

Melhor Curta-metragem

Time Code
Sing
Silent Nights
La femme at le TGV
Ennemis Intérieurs

Melhor Curta-metragem de Animação

Piper
Pearl
Pear Cider and Cigarettes
Borrowed Time 
Blind Vaysha 

Melhor Montagem 

A Chegada
Moonlight
La La Land 
Até o Último Homem
A Qualquer Custo

Melhor Fotografia 

A Chegada
La La Land
Moonlight 
Lion 
O Silêncio

Melhor Trilha Sonora 

Jackie
La La Land 
Lion
Moonlight
Passageiros 

Melhor Canção Original

Audition - The fools who dream  (La La Land)
Can't Stop the feeling (Troolls)
City of Stars (La La Land)
How far I'll go (Moana)
The empty chair (Jim: The James Foley Story)

Melhor Edição de Som

A Chegada
La La Land 
Sully
Até o Último Homem
Deepwater Horizon

Melhor Mixagem de Som

A Chegada
La La Land
Até o Último Homem
Rogue One: Uma história Star Wars
13 hours: The secret soldiers of Benghazi

Melhor Design de Produção

A Chegada
La La Land 
Animais Fantásticos e Onde Habitam
Ave, Cesar!
Passageiros

Melhor Cabelo e Maquiagem 

Esquadrão Suicida 
Star Trek: Sem Fronteiras
A man called Ove

Melhor Figurino

Jackie 
La La Land 
Florence: Quem é essa mulher?
Animais Fantásticos e onde habitam
Allied

Melhor Efeitos Especiais 

Doutor Estranho
Rogue One: Uma história Star Wars
Deepwater Horizon
Mogli
Kubo e as cordas mágicas 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A cueca sumiu

Quando as primeiras imagens do ator Henry Cavill, o novo interprete de Superman no set de filmagem vazaram começou o burburinho.  O novo uniforme do super-herói passou por uma reformulação e a clássica cueca vermelha desapareceu. Mas antes da cueca desaparecer ela já dava pano pra manga. Quem não se lembra da polêmica no volume peniano do ator Brandon Routh (Superman: O Retorno), que segundo os produtores teve que ser reduzido digitalmente porque poderia distrair os espectadores, mais tarde quando foram divulgadas fotos do ator usando cueca vimos que ele não é tão “super” assim. Mas antes de discutirmos porque o Superman perdeu a cueca, vamos descobrir porque ele a usava e por cima da calça. 







Nas décadas de 30 e 40 começaram a surgir os super-heróis, os artistas tinham algumas dificuldades para destacar detalhes masculinos e femininos e demostrar o poder e a força dos personagens, isso se devia as limitações técnicas da época como a qualidade do papel e a impressão que era feita em pre…

O carnaval vai ao cinema

O carnaval é a maior festa popular do país é muito mais do que um simples festejo, é um traço identitário da cultura brasileira.  A festa brasileira, luso-afro-ameríndia , sofreu influências da França, Itália, Portugal e se expressa de diferentes maneiras nas distintas regiões do país. Seja  com a escola de samba, o frevo, o maracatu, Timbalada, os blocos de rua, trio elétricos, carnaboi ou o boi-bumbá, durante quatro dias música, dança, costumes e tradições se misturam para celebrar os Brasis ao mesmo tempo em que promove a inclusão e interação, despertando o sentimento de unidade, de nação que muita das vezes é esquecido ou ignorado com o término da festa. Dada a sua importância para a cultura brasileira, o carnaval, o maior teatro de rua do país, curiosamente é pouco ou não é representado nas manifestações artísticas, com exceção da música. Embora o cinema tenha tido papel importante para a disseminação da música carnavalesca, hoje explora pouco a temática, sendo a maior parte das …

Globo de Ouro 2017 - Vencedores

Aconteceu na noite deste domingo (8) a cerimônia de premiação da 74º edição do  Globo de Ouro. A cerimônia apresentada por Jimmy Fallon teve vários momentos marcantes, a começar pela abertura no melhor estilo La La Land. O filme de Damien Chazelle, estrelado por Emma Stone e Ryan Gosling ganhou 7 estatuetas, ou seja, ganhou em todas as categorias em que foi indicado e se tornou o filme mais premiado do Globo de Ouro. 

O ponto alto da noite foi a homenagem a Maryl Streep, que após 30 indicações e oito premiações foi agraciada com o prêmio Cecil B. Demille  pelo conjunto da obra e fez um discurso contundente e politizado que você pode ver aqui






As atrizes Debbie Reynolds e Carrie Fisher, falecidas no mês passado também foram homenageadas. 


A surpresa da noite foi a vitória da francesa Isabelle Huppert, que ganhou na categoria Melhor Atriz Drama pelo filme "Elle" que foi o vencedor na categoria Filme Estrangeiro. Outra surpresa divertida foi o beijo consolação de Andrew Garfield …